sábado, setembro 12, 2009

A desunião dos servidores não faz a força



Somos vítimas diárias dos desmandos e atos inconstitucionais geridos pela nossa prefeitura. Primeiro foi o corte do auxílio creche. Acredito que pela falta de manifestação, a grande maioria dos servidores na ativa não possua filhos com menos de sete anos. Será? Vários servidores perderam suas vantagens na PREVIRIO, na sede da prefeitura, na secretaria de cultura e demais secretarias, mas pela falta de indignação e manifestação, tanto de reprovação quanto de solidariedade, poucos servidores devem ter sido atingidos. Carta de crédito... ah o meu imóvel não está nesta situação para quê me aborrecer. Azar de quem perdeu sinal, pagou ITBI, pagou aluguel estes meses todos devido à demora. Os servidores não percebem que é um golpe violento contra os seus direitos e que, não se manifestando, possibilitam a extensão do ato para outras situações. Concurso de merendeiras e auxiliar de creche só engrossam os cofres públicos. Cumprir edital e convocar é pedir demais. O melhor é fazer novo concurso e CLT, assim não existirá mais doença em nenhuma servidora, e, caso aconteça um afastamento, o problema será do INSS. AUMENTO? só de trabalho e indignação. Enquanto o nosso prefeito comete atos inconstitucionais e viaja como se nada estivesse acontecendo, ficamos de braços cruzados, pois infelizmente cada um se preocupa apenas com o seu umbigo!!! Está na hora de mudar! Não serve de exemplo o tratamento oferecido aos professores do Estado? Esta situação já até aconteceu na prefeitura: um professor apanhou da guarda municipal quando entregava um folheto explicando aos demais servidores a falta de palavra do sr prefeito e manutenção de suas promessas de campanha. Graças a Deus eu não votei nele e apenas lamento a falta de senso de coletividade. Boa Noite!

Um comentário:

Simples assim... disse...

E viva a ignorância da população pois assim os peixes grandes continuam no poder!!!

:-(

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...