segunda-feira, outubro 26, 2009

Eu queria que isso acontecesse no Brasil






A Polônia aprovou no dia 25 deste mês uma nova lei, que permite a castração química de pedófilos em alguns casos. A decisão do governo de direita levantou críticas por parte de grupos de direitos humanos no país.

A lei estabelece que pedófilos condenados pelo estupro de crianças menores de 15 anos ou de algum parente terão que passar pela terapia química ao sair da prisão. Em declaração, o governo da Polônia afirmou que a decisão pretende melhorar a saúde mental do condenado e diminuir a sua libido, e assim “diminuir o risco de outro crime ser cometido pela mesma pessoa”.

» Existem mulheres pedófilas?

O primeiro-ministro da Polônia, Donald Tusk, afirmou em 2008 que queria que a castração química fosse obrigatória para pedófilos, e também disse esses criminosos não devem ser considerados humanos, e por isso, “os direitos humanos não deveriam interferir nestes casos”. A afirmação enfureceu grupos de direitos humanos, mas Tusk nunca se retratou pela afirmação.

Piotr Kladoczny, da Fundação de Direitos Humanos de Helsinki, afirma que tornar a castração química um tratamento obrigatório levanta dúvidas quanto à necessidade dela em todos os casos. “Se a pessoa é sã, podemos puni-la. Se ela é doente mental, tentamos curá-la, é assim que a lei polonesa funciona”, afirma Kladoczny. “Esta nova lei introduz as duas abordagens para todas as pessoas”, completa.

2 comentários:

Simples assim... disse...

Olha Li, eu juro que queria que os direitos humanos fossem para a puta que o pariu.... de lá, daqui e do mundo todo....

Anônimo disse...

Eu desejo que uma lei como esta seja criada no Brasil em regime de urgencia. É preciso intolerancia para reduzir esse tipo de crime que está se banalizando, pela quantidade e frequencia que vem acontecendo.Não caberia levantes de grupos de direitos humanos, pois estes seres que praticam tal crime não podem ser considerados humanos, pois não são.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...