sábado, novembro 28, 2009

Propaganda Enganosa! Aprovação automática continua!


2ª chance p/estudantes reprovados- O DIA 27/11/09
Segunda chance para estudantes reprovados
Alunos da rede municipal farão exercícios nas férias e novas provas na volta às aulas
POR FRANCISCO EDSON ALVES
Rio - Alunos do 2º ao 9º ano da rede municipal de ensino do Rio que forem reprovados terão uma nova chance para não perderem o ano letivo. Quem tirar conceito I (de insuficiência) em uma ou mais disciplinas fará uma apostila de exercícios nas férias e novas provas na volta às aulas. Se aprovados, pulam para a série seguinte. Segundo a secretária municipal de Educação, Cláudia Costin, a apostila será devolvida no reinício do ano letivo. Esses alunos também serão submetidos a provas de Português, Matemática, e da matéria em que tiverem sido reprovados.
Alunos da Escola Glauber Rocha se destacaram na avaliaçãoOs estudantes que mais preocupam a Secretaria Municipal de Educação são os das séries finais, 7º, 8º e 9º ano. Eles foram os que tiveram pior desempenho durante todo o ano, com médias inferiores a 5. Na média geral, os do 7º e 8º ano andaram para trás, com médias que foram despencando ao longo das provas bimestrais de Português e Matemática. A última avaliação foi feita por 435.899 dos 485.161 alunos do 2º ao 9º ano de 981 escolas.
“O ‘Dever de Férias’ é uma segunda chance de aprendizado que o aluno terá. É uma espécie de segunda época”, comentou Cláudia Costin. As médias globais passaram a ser divulgadas na Internet, no site da secretaria (www.rio.rj.gov.br/sme/) para que professores e pais também possam comparar o resultado obtido pelos alunos com a média da rede. “A instrumentalização dos professores e a avaliação constante para ver se os alunos estão aprendendo devem ser uma prática permanente, com o acompanhamento dos pais ou responsáveis, inclusive pela Internet, na hora e no local que quiserem”, completou Cláudia.

Crítica dos Professores e minha,é claro !

Absurdo a senhora secretária afirmar que a aprovação automática teve término,uma vez que,essa notícia publicada diz o contrário.
A Secretaria municipal de Educação quer que,os professores ao final do ano letivo,ainda dispenda esforços redobrados para tentar aprovar os alunos que nada produziram durante o ano.Faltas,conteúdos programáticos não assimilados,descasos,falta de deveres de casa realizados,enfim resultados nas provas bimestrais e até mesmo,na prova Rio e Ideb ou outras avaliações e observações de sala de aula.Já não chega,tudo o que trabalhamos,no "apagar das luzes",mais essa.!É o fim da picada,querer tirar a ultima gota do nosso suor para aplicar uma prova de misericórdia em janeiro,fora os "trabalhinhos" que provavelmente alguém mais competente fará em casa ou que talvez não faça.Depois,aplica-se uma prova em janeiro ou início das aulas,numa tentativa insana de salvar "seres improdutivos",além de aulas de reforços,dadas pelos palhaços-pprofessores.Isso é uma indignidade,desreswpeito a uma categoria que deu o melhor de si em prol de uma educação de qualidade.Nós,professores é que sustentamos as salas de aula,somos os profissionais que mais se dedicam na rede.E,no final ,somos tratados como idiotas e palhaços.Aonde está o fim da aprovação automática ?: Mudou de nome ?
Se querem mostrar estatísticas,sejam mais transparentes.Não nos façãm de bobos,nem tentem nos escravizar.Que tipo de politicagem é essa?
O problema(culpa nossa e eu assumo minha máxima culpa) é que nós permitimos que uma administradora de empresas,que nada entende da realidade educacional seja a nossa dirigente.

2 comentários:

Simples assim... disse...

Ridiculo Li.... e te digo mais, aqui em SP na minha escola q é PARTICULARRRR a treta é a mesma, nós estamos aqui nos matandooo de dar sei lá qtas recuperações e ainda tem um tal de exame final dia 23/12, é mole??? Se a criatura tira 3, 4 o ano inteiro é só fazer uma provinha no Natal e tá tudo certo!!! Educador é tudo troxa mesmo, e viva o futuro da sociedade q continuará sendo imbecilizada!!!!!

Layz Costa disse...

Infelizmente a educação tomou um rumo nada legal no nosso país, mas professor e educador são coisas distintas, muito distintas.

Um educador jamais agiria assim.
beijo =*

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...