sábado, fevereiro 27, 2010

Terremoto no Chile abala São Paulo

O terremoto de 8,8 graus registrado no Chile foi sentido em pelo menos seis bairros da capital paulista, segundo o Corpo de Bombeiros. Na Mooca e Tatuapé, Bela Vista, Ibirapuera, Campo Belo e Avenida Paulista, em Cerqueira Cesar, moradores relataram ter sentido tonturas, naúseas ou viram lustres balançar. Na Avenida Paulista, uma das regiões mais altas de São Paulo, imagens mostram lustres balançando pouco antes das 4 horas da madrugada deste sábado.

O Corpo de Bombeiros de São Paulo informou que pelo menos 100 telefonemas foram recebidos após às 3h, horário do terremoto no Chile.

- Não houve vítimas ou danos. Mas as pessoas estavam assustadas. Viram lustres balançar ou sentiram tonturas e náusea - diz o capitão Jean, do Corpo de Bombeiros.

Leia também : família de são paulo viu lustres balançarem

Um funcionário da Central de Operações da Polícia Civil (Cepol), localizado na Rua Brigadeiro Tobias, no centro de São Paulo, disse que 30 pessoas estavam numa sala do 19 º andar e durante dez minutos sentiram várias ondas de pequenos tremores.

O funcionário contou que alguns tiveram que deixar o prédio porque sentiram náuseas. Duas viaturas dos Bombeiros vistoriaram o prédio, mas não foram constatados danos. Não houve orientação para deixar o edifício.

Os reflexos do terremoto no Chile foram sentido em São Paulo porque a capital paulista está localizada em uma bacia sedimentar, o que amplifica as ondas do terremoto.

-Abalos na costa do Pacífico são sentidos até nos prédios mais altos de São Paulo. Quando o chão oscila, por causa das ondas do abalo, os prédios balançam - diz o professor de sismologia da Universidade de São Paulo, Marcelo Assumpção.

Um comentário:

Simples assim... disse...

É fia, ta feia a coisa..... a gente acaba com a natureza, uma hr ela responde...

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...