terça-feira, abril 06, 2010

Espancamento de diretora escolar - parte II


Um aluno de 12 anos e sua mãe podem responder por agredir fisicamente a diretora da Escola Municipal General Humberto de Souza Mello, em Vila Isabel, dia 29. Eles ainda podem ser responsabilizados por depredação do patrimônio público, injúria e desacato. Inquérito criminal foi aberto pela delegada Leila Goulart, titular da 20ª DP (Vila Isabel). Para garantir a segurança na unidade, guardas municipais foram deslocados para dentro da unidade e uma patrulha do 6º BPM (Tijuca) vigia a porta do colégio desde ontem.

Conforme O DIA noticiou ontem, com exclusividade, no dia 29, a diretora M. apartou a briga entre dois alunos e chamou a mãe de um deles na escola. Segundo a delegada Leila, antes da chegada da mãe, o jovem, morador do Morro da Mangueira, começou a destruir vidraças com pedradas.

Contrariada com a repreensão pelo comportamento do filho, a responsável xingou a professora e arrancou os fios do telefone. O menino bateu na diretora. “Em vez de a mãe chamar a atenção do filho, fez o contrário: invadiu a sala da secretaria aos gritos, começou a quebrar as coisas, e insuflou os colegas de sala do filho, que começaram a aplaudi-la e também depredaram a escola”, contou a delegada Leila.

DEPOIMENTOS HOJE

Abalada, a diretora entrou de licença médica e não registrou a violência física. Hoje, às 11h, estão previstos os depoimentos da mãe e do estudante na 20ª DP. Ele deverá responder aos crimes na Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA), por ser menor. Em seguida, a diretora prestará novo depoimento. Peritos também vão ao colégio.

Um comentário:

Simples assim... disse...

É capaz ainda dessa diretora ser "tocaiada".... ou no minimo não vai dar em nada.....

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...