sexta-feira, abril 02, 2010

Greve dos professores de SP

Alguns jornalistas divulgaram em seus blogs uma fotografia em que se mostra um rapaz carregando uma policial que passou mal com as bombas de efeito moral. Pensavam tratar-se de um professor e se destacava a humanidade deste professor socorrendo quem estava ali para reprimi-lo. Entretanto, a PM de SP muito rapidamente afirmou que se tratava de PM à paisana.
Pois bem? Qual é a função de um PM à paisana no meio da manifestação? Como ele, provavelmente, havia vários. Estavam ali para identificar as lideranças do movimento, fotografar, incitar a violência para depois tentar justificar o que não tem justificativa: sua repressão imoral e covarde ordenada pelo governo do estado.
Agora se reivindicar melhores condições de trabalho, tratamento digno e salário é aula de baderna, então talvez o que precisamos seja mais aulas de baderna.
Pergunto como os Titãs: "Quem quer manter a ordem? Quem quer criar desordem?"
"Um policial ferido é carregado por um professor".

Um comentário:

Simples assim... disse...

Li, a situação aqui tá tão ridicula q nem comentei no meu blog pra não passar raiva... Os professores aqui, mais do q nunca estão sendo vistos como VAGABUNDOS, isso mesmo, até meu pai discutiu comigo e uma amiga minha prof....não sei se é culpa da midia ou da mente limitada das pessoas, mas pelo amor de Deus, será q as pessoas, todas, precisariam ser professores por um dia para entender a realidade? O mundo tá acabando literalmente! O governo querer q continuemos burros pra essa merda continuar do jeito q tá, sustentando esse monte de corruptos, a gente ta cansada de "entender", mas a sociedade???? Aqui o povo fala: será q a paulista vai travar hj denovo por causa daqueles professores? Meu Deussssss....... ta impossivel...... Ah, desculpa o livro rs!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...