quinta-feira, novembro 18, 2010

Como são os meus dias ,atualmente

Dia 26 de outubro,descendo as escadas para vir embora pra casa...No terceiro andar para o segundo,algum aluno do ginásio,deixou cair nos degraus,um copo d'água com detergente,quebrado e eu não percebi,pois faltava luz neste local e ninguém havia limpado,o assassino em questão.Deslizei como se estivesse esquiando.Cheguei ao segundo andar como um passe de mágica e aí percebi o tamanho do acontecido.Já não pude mais me levantar.Meu pé esquerdo,inchado e numa posição inversa.Minha mão esquerda sangrava,perna também.Cortes.Mas o que me fez cair em mim,foi o pé mesmo,uma aparência horrível e a dor inexplicável.Foi difícil me levantarem.Fiquei perplexa.Fui levada ao Ossotrauma e lá radriografaram e veio o diagnóstico fatal.Havia fraturado a tíbia e os maleolares.Não tinha como engessar.Colocaram uma bota ortopedica para eu sair de lá e providenciaram uma cadeira de rodas.A partir daí,começou o tormento.Impossibilitada de andar,tendo que providenciar um cirurgião ortopedista e este foi recomendado por uma vizinha minha.Radiografias,exames de risco cirúrgico,tudo em casa.Uma grana preta.Já que o meu plano de saúde é uma boa merda,tudo complicado e moroso.Tinha pressa,pois senão o osso consolidava erroneamente.Acidente de trabalho,isso mesmo.Braço esquerdo com fratura na cabeça do rádio,mas sem necessidade de imobilizar e até porque eu precisava e preciso dele para alguns movimentos na cama.Cirurgia feita no dia 4 de novembro.Foram colocados 8 parafusos e uma placa de titânio permanente.Hoje,encontro-me numa cadeira de computador e outras vezes na cama.Os pontos doem,a planta do pé parece uma borracha,inchado e esquisito,mas o médico disse que com a fisioterapia tudo melhora,espero!Meu marido,agora é o meu pé,braço,cérebro,tudo.Ele está sendo mil.Pensamos,em assim que eu sair dessa nhos casarmos no religioso,já que somos casados a 10 anos no civil.Vai ser algo simples,apenas queremos ser abençoados por Deus.Fico triste,apenas que nessas horas,o crime de responsabilidades não tenha punição.Andares sem iluminação,sem corrimãos.Quem sabe se tivesse algum pra eu pegar o desastre seria menor ? Como se entrega copos de vidro na mão de uma criança ? Como não se sinaliza o copo quebrado com detergente e on deixa ali num degrau a mercê de uma vítima ? Como compreender a fatalidade de ficar 4 meses como dependente...Queria andar,trabalhar,ver a luz e sentir o calor do sol.Juro,eu nem ninguém merece isso.No entanto,as pessoas envolvidas continuam suas vidas,como se tudo isso fosse uma página virada.Deus,tenha piedade delas e de mim.Espero sair dessa sem a mágoa quesinto hoje.
Isto é um desabafo de alguém que adora a vida e quer resgatá-la.

Um comentário:

Simples assim... disse...

Li, não entendemos pq certas coisas acontecem em nossas vidas, mas tudo tem um porquê, Deus sabe o que faz e com certeza os anjos estão te amparando, um deles vive no mundo fisico, seu marido! Mas falando no mundo fisico, tb espero q providencias sejam tomadas para q isso NÃO ACONTEÇA nunca mais com ninguém, absurdos em cima de absurdos. Querida, vc sabe q rezo todos os dias pra vc e tudo isso passará rapido, fé minha amiga!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...