terça-feira, dezembro 27, 2011

Uma piada pra descontrair !

E o juiz disse à velhinha durante o julgamento:

_ A sra. poderia me narrar o que aconteceu?

Disse a velhinha:

_ É claro seu juiz. Aquele rapaz que está sentado ali foi à minha casa!

_ E depois minha senhora?

_ Ele mandou que eu tirasse a roupa!

_ E depois minha senhora?

_ Ele mandou que eu tirasse a calcinha!

_ E depois minha senhora?

_ Ele disse que iria me violentar!!!!!

_ E depois minha senhora?

_ Ele gritou: PRIMEIRO DE ABRIL!!!!!! Foi aí seu juiz que eu dei dois tiros nele!

segunda-feira, dezembro 19, 2011

Para refletir !

Havia certa vez um homem navegando com seu balão, por um lugar desconhecido. Ele estava completamente perdido, e qual grande foi sua surpresa quando encontrou uma pessoa... Ao reduzir um pouco a altitude do balão, em uma distância de 10m aproximadamente, ele gritou para a pessoa:

- Hei, você aí­, aonde eu estou? E então a jovem respondeu:
- Você está num balão a 10 m de altura!
Então o homem fez outra pergunta:
- Você é professora, não é?
A moça respondeu:
- Sim...puxa! Como o senhor adivinhou?
E o homem:
- É simples, Você me deu uma resposta tecnicamente correta, mas que não me serve para nada...
Então a professora pergunta:
- O senhor é secretário da educação, não é?
E o homem:
- Sou...Como você adivinhou???

E a Professora:
- Simples: o senhor está completamente perdido, não sabe fazer nada e ainda quer colocar a culpa no professor.

domingo, dezembro 18, 2011

Esse cara é genial ! Escrito pelo Fábio Manic

É quase uma lei da natureza: sempre que alguém fala da importância de cuidar dos animais ou milita em prol dos direitos animais, surge alguém questionando por que as crianças de rua não são importantes, ou por que os militantes de direitos ...animais não se importam com racismo, homofobia, misoginia, ou [insira aqui a causa de sua preferência].

Trata-se de clara falácia do falso dilema:

Ou direitos animais ou direitos humanos. Alessandra escolheu direitos animais, logo não escolheu os direitos humanos.

Este argumento é totalmente falso. O fato de uma pessoa sentir mobilização para lutar pela causa dos animais não significa que ela não se importe com os direitos humanos (e vice-versa). Qualquer tentativa de insistir nisso é maldosa e não tem lógica nenhuma

sábado, dezembro 17, 2011

mensagem de fim de ano

PARABÉNS SECRETÁRIA
Parabéns, senhora secretária pela ótima administração
que vem fazendo à frente da educação municipal, conseguindo acabar
praticamente com o défict de professores na rede, aumentando
significativamente o salário dos profissionais deste setor, deixando
todos os alunos satisfeitos com o modelo de ensino deste município( dando
amplas
condições deste alunos entrarem sem nenhuma dificuldade numa escola
Federal - alguns até na escola naval, no cap da UFRJ ),
colocando todas as escolas em condições estruturais plenas de
funcionamento e dando ampla autonomia aos diretores para que com seus
professores consigam fazer um trabalho mais voltado a realidade de cada
unidade escolar e assim ter condições de alcançar as metas determinadas
por vossa senhoria e ter direito aos benefícios ( o 14o.salário, por
exemplo )oferecidos por esta magnífica secretaria de educação, que
sempre pensou no professor, acima de tudo.
Que 2012 seja para a
senhora um ano de realizações na área de educação não existindo confronto
ideológico com os professores e que a palavra INSATISFAÇÃO com a classe não esteja na sua
pauta de trabalho durante todo o próximo ano letivo.
( autor desconhecido )

quarta-feira, outubro 19, 2011

E depois da morte !

A história de amor de Gordon e Norma Yeager, que começou na escola secundária e durou 72 anos, terminou na última quarta-feira (12) após um acidente de carro. Segundo a família, o veículo deles chocou-se com outro, que vinha em sentido contrário. O casal morreu de mãos dadas em um hospital de Marshalltown, em Iowa (EUA).

O namoro de Gordon, 94, e Norma, 90, teve início na escola secundária. No dia da formatura, Gordon a pediu em casamento. O matrimônio aconteceu no dia 26 de maio de 1939; eles tiveram quatro filhos. “Um não iria conseguir viver sem o outro. Era um romance à moda antiga”, garante Dennis, o filho mais novo.

Gordon morreu às 15h38. Norma, que segurava as mãos do marido, faleceu uma hora depois. Os dois foram velados um ao lado do outro, com as mãos dadas. Depois de cremados, as cinzas foram misturadas, a pedido dos filhos.

quarta-feira, setembro 28, 2011

Atenção !!!!!

Nosso Ministro da Educação quer ampliar de 200 para 220 os dias letivos (4 semanas a mais) na Educação Básica. Sr. Ministro da Educação, nós, professores, convidamos-lhe a passar apenas uma semana na sala de aula da Educação Básica, tanto na escola pública, quanto na escola particular, fazendo as ações inerentes a esta profissão (planejamento; correções; acompanhamentos; relatórios; atendimento ...aos pais; mediação em sala; etc...) para que sinta o quanto o trabalho do professor é INTENSO. Na época em que o Ministro foi aluno as férias eram de 3 meses, havia menos alunos por turma, os professores eram respeitados, as famílias mais estruturadas e com mais tempo para os filhos. Hoje o contexto e a demanda são outras, o que justifica uma carga horária mais HUMANA. Sugiro que o Ministro pense em AÇÕES PÚBLICAS que favoreçam verdadeiramente as crianças (lazer, saúde, alimentação, trabalho e moradia digna para os pais, etc...) porque não se aprende e se torna cidadão apenas pela ação da ESCOLA E DO PROFESSOR. Será trabalhoso demais SR. MINISTRO? Sugiro, ainda, que o MINISTRO pense em como oferecer boas condições de trabalho e remuneração aos professores que estão a cada dia mais sobrecarregados e com péssima qualidade de vida. Ou a intenção é ACABAR com esta profissão? Se VOCÊ prefere uma ESCOLA DE QUALIDADE diga NÃO ao MINISTRO. Mas, se você acha que ESCOLA é DEPÓSITO de crianças diga SIM ao MINISTRO. Se você concorda com esse post cole no seu mural. Eu digo NÃO!!!"

sábado, agosto 27, 2011

Detesto gente intrometida

Ontem,saindo para trabalhar fui interpelada por uma vizinha que me acusou de um ato de violência porque eu mandei esterelizar Lucy (minha cadelinha).Achei estranha essa conversa,mas...em todo caso eu ouvi aquela conversa esquisita.Em dado momento,diante de tantas acusações,resolvi soltar o verbo ! E disse que,violência é a cadela ter filhotinhos e depois dá-los ou vendê-los.Não acho nada bonito,separar mãe de filhotes ainda em amamentação.Animais tem sentimentos,como nós,e sentiria falta dos pequenos e aí,caso Lucy desse cria,iria manter em casa,todos eles.Eu não teria coragem de ver os peludinhos,lindos,irem embora e aí eu teria um canil.Ela fez isso,mandou os filhotes da cachorrinha dela embora.
Portanto,como não posso criar todos,mandei esterilizar.E ainda por cima,estou evitando gravidez psicológica e câncer de mama.=E uma questão até de saúde.Minha vizinha ficou sem graça e sem palavras.
Lucy passa bem.Tudo foi feito numa clínica veterinária conceituada,foi caro e o tratamento dela foi vip (presente da minha madrinha que contribuiu com 1.000 reais para que Lucy não sofresse.Já tirou os pontos e retornando as atividades com muita saúde.Lucy,te amo muito!

domingo, julho 31, 2011

PREFEITO EDUARDO PAES ERRA, DESCONTA IMPOSTO DE RENDA ANTECIPADO SOBRE 13º. SALÁRIO E ARRASA COM O SERVIDOR MUNICIPAL DO RIO DE JANEIRO.





No "carnaval" de medidas equivocadas, quem sambou foi o Servidor Municipal, que passou da alegria com o 14º. para a DECEPÇÃO com o 13º. Salário.


A Prefeitura do Rio de Janeiro, por iniciativa do senhor prefeito EDUARDO PAES, resolveu contrariar uma tradição de muitos anos, e ao antecipar metade do pagamento do 13º. Salário, incluir desconto de IMPOSTO DE RENDA, o que normalmente só seria feito no final do ano, quando do pagamento da segunda parcela.


Não se sabe qual a motivação do Prefeito do Rio em avançar sobre o salário do servidor municipal, e priorizar uma antecipação de IR que beneficia o governo federal, mas com resultado desastroso para o seu funcionalismo.


Para piorar o que já era muito ruim, parece que erraram nas contas, e, como sempre acontece, erraram contra os interesses de quem trabalha. O desconto do IR acabou incidindo sobre tudo o que vinha no contracheque, e criou-se uma situação de difícil entendimento, pois, alguns servidores constataram que além de um desconto absurdo sobre o 13º. Salário, eles ‘sambaram’ nas contas de férias e do salário normal.


Para se ter uma idéia, os servidores de nível elementar, aqueles que recebem os mais piores salários, estão amargando por baixo, uma “tunga” de R$ 350,00, dentro do que esperavam receber. Há até quem esteja recebendo menos do que o salário normal.


A Prefeitura do Rio precisa se explicar, e o prefeito deixar de inventar moda com o dinheiro dos outros, além de cumprir a palavra empenhada. Quando candidato ele prometeu manter todos os direitos e vantagens que os servidores tinham, e não vem cumprindo o prometido.


Do correspondente
S. Oliveira – Rio – RJ.
"...a Prefeitura, como já disse, não cometeu nenhuma ilegalidade, apenas sacaneou o servidor."

Mais um capítulo da novela "Pacto Caracu"....Onde a Prefeitura sempre entra com a cara e os professores com o....bem, esquece...

terça-feira, julho 26, 2011

MAIORES AMORES DA MINHA VIDA !

Não importa onde você parou …
em que momento da vida você cansou…
o que importa é que sempre é possível e necessário “Recomeçar”.
Recomeçar é dar uma nova chance a si mesmo…
é renovar as esperanças na vida e o mais importante…
acreditar em você de novo…
Sofreu muito nesse período? Foi aprendizado.
Chorou muito? Foi limpeza da alma.
Ficou com raiva das pessoas? Foi para perdoá-las um dia.
Tem tanta gente esperando apenas um sorriso seu para “chegar” perto de você.
Recomeçar…
hoje é um bom dia para começar novos desafios.
Onde você que chegar?
Ir alto… sonhe alto…
queira o melhor do melhor…
pensando assim trazemos pra nós aquilo que desejamos…
Se pensarmos pequeno coisas pequenas teremos ….
Já se desejarmos fortemente o melhor e principalmente lutarmos pelo melhor, o melhor vai se instalar em nossa vida.
“Porque sou do tamanho daquilo que vejo, e não do tamanho da minha altura.”
Carlos Drummond de Andrade

o que meu pai usava na escola

Um dos sonhos realizados

Sempre sonhei ter um celular bonito e que tivesse todas as redes sociais e nada mais,Mas,por falta de grana,ia me contentando com uns bonitinhos com câmera e tv.Pois bem,resolvi mudar o rumo dessa perrenga e comprei a perder de vista o tão sonhado celular com tudo que tem direito.Parece uma bobagem,mas enfim,realizei um dos meus sonhos.Estou feliz!

domingo, julho 03, 2011

Muito bem escrito pelo professor Rafael no Orkut

Dia 6 é Dia de Luto nas escolas municipais
A Assembléia Geral da Rede Municipal do dia 21 de junho, na ABI, decretou um dia de luto pelo ataque aos nossos direitos e à escola pública. Dia 6 é dia de luto nas escolas municipais.
A Prefeitura do Rio de Janeiro celebrou um acordo com o Banco Mundial, oferecendo a nossa aposentadoria como garantia. Em nome da Copa do Mundo e das Olimpíadas e da oportunidade de negócios que esses megaeventos representam para o empresariado que financia as candidaturas dos políticos que ocupam cargos no Executivo e no Legislativo nos âmbitos federal, estadual e municipal, promove-se o arrocho salarial dos servidores públicos e o saque à nossa previdência. O sagrado direito a uma velhice digna, conquistado com muita luta pelos trabalhadores, deve ser defendido por nós com todas as nossas forças. Não podemos deixar que a Prefeitura do Rio acabe com a integralidade do valor das aposentadorias e com a paridade entre ativos e aposentados. A última assembléia da categoria referendou a continuidade da nossa mobilização contra a reforma da previdência municipal, aprovou a realização de um seminário da categoria em agosto para discutir o tema, a retomada do nosso abaixo-assinado contra essa reforma, a distribuição das cartilhas produzidas para esclarecer sobre o PLC 41 e um novo boletim que discuta o novo projeto do prefeito – o PL 1005 ou o Plano de Capitalização do FUNPREVI – que deve ser votado junto com o PLC 41. A resolução de realização de uma paralisação da categoria no dia da votação do projeto de reforma previdenciária está mantida. Portanto, o governo pode ter certeza que não iremos permitir que retirem os nossos direitos. Se o projeto for à votação, a educação vai parar! Nesse dia 6 de junho, estaremos de luto, manifestando o nosso rechaço a essa medida. Diremos para os nossos colegas e para os nossos alunos que queremos que o prefeito tire as mãos da nossa aposentadoria!

Dentro das escolas municipais a privatização via empresas, ONG´s, institutos e fundações é explícita e se aprofunda e se amplia a cada dia. O controle sobre os funcionários e a perda da nossa autonomia completam este quadro de introdução da lógica empresarial nas escolas públicas. O ranqueamento das escolas, a meritocracia e o produtivismo, com a quebra da isonomia a partir de gratificações, no lugar de um plano de carreira que valorize o tempo de serviço e a formação dos profissionais, verdadeiro critério objetivo e justo para melhoria salarial, bem como progressão na carreira, devem ser rejeitados veementemente não só pelos profissionais de educação, mas por toda a sociedade. A escola que queremos não é a escola de índices fabricados e de metas impostas de fora. Queremos uma escola em que o analfabetismo, o analfabetismo funcional e a aprovação automática, mesmo que disfarçada, não sejam mais a regra. Por isso, precisamos da nossa liberdade enquanto docentes e de democracia no interior das escolas, porque é com a política autoritária da SME que esta privatização vem sendo implementada. Provas que não elaboramos são despejadas nas escolas para serem aplicadas e corrigidas, como se fôssemos meros tarefeiros. Para completar, a SME inventou uma prova de Produção de Texto que os professores, especialmente os de Língua Portuguesa, são obrigados a corrigir, segundo os critérios da secretaria, sem discussão. Uma medida totalmente formal, como diz o ditado: “para inglês ver”. Isto porque os alunos já passam com diversas deficiências, desde a educação infantil e o primeiro ciclo do ensino fundamental com o elevado número de alunos em sala, prejudicando o processo de alfabetização das crianças, filhas e filhos da classe trabalhadora e dos mais pobres, muitos moradores de comunidades carentes. Estamos de luto pelas nossas condições de trabalho no interior das escolas municipais e pela educação pública do Rio de Janeiro. A situação dos funcionários não é diferente. Faltam agentes educadores e multiplicam-se, com isso, os casos de violência e os problemas de organização e disciplina para o funcionamento das escolas enquanto verdadeiros estabelecimentos de ensino e não como enxerga a Prefeitura simples depósitos de crianças. As merendeiras são poucas, adoecem pelas péssimas condições de trabalho, a cozinha é terceirizada e as merendeiras aprovadas em concurso não são convocadas pela Prefeitura, mesmo com reiteradas determinações da Justiça. As agentes auxiliares de creche são superexploradas com a dupla função e desrespeitadas enquanto servidores sem um plano de carreira. Os agentes administrativos, assim como as demais categorias de funcionários, são obrigados a cumprir 40 horas, sem que o prefeito e a secretária de educação sequer recebam e considerem a nossa reivindicação histórica de 30 horas semanais para funcionários. Por isso, estamos todos nós, profissionais de educação da rede municipal, de luto! A escola que queremos e que a sociedade necessita requer investimentos. A Prefeitura do Rio tem que investir imediatamente o mínimo constitucional de 25% do total da arrecadação de impostos do Município. Além disso, é preciso que o crescimento na receita, com um aumento de 30,78% da arrecadação municipal, se reflita num aumento nos investimentos na área social, em especial na educação, estratégica para qualquer povo e país soberano e um direito de todos e dever do Estado, segundo a Constituição Federal. Aproveitamos para exigir também do governo federal mais verbas para a educação. A reivindicação histórica de educadores, estudantes e movimentos sociais de 10% do PIB para a educação é mais do que justa, quando constatamos que uma parcela significativa do nosso PIB e do orçamento do governo federal vai para o pagamento das dívidas interna e externa, enchendo os bolsos dos banqueiros ao invés de encher as cidades de escolas e as escolas de profissionais, estudantes, materiais didáticos e tudo mais que for necessário para que se pague a dívida social dos governos com o povo brasileiro: o analfabetismo, o desemprego e o acesso restrito aos bens culturais existentes. Desse modo, expressamos nosso luto com roupas, faixas e fitas pretas, enquanto a educação pública é enterrada por projetos privados, violência, péssimas condições de trabalho e baixos salários!
A escola pública é uma conquista da sociedade brasileira. Vamos defendê-la!

As conjunções fazem parte da nossa vida

Estive pensando como as conjunções regem a nossa vida.Usamos sempre o se,quando,caso que,mas,porém,contudo,todavia,no entanto,como etc.Enfim,quase todas conjunçoes coordenadas condicionais,temporais,concessivas,adversativas,conformativas no nosso discurso diário.Percebi que,os problemas cotidianos se resumem nelas e implicam em soluções que talvez não venham acontecer.Na verdade,elas implicam dúvidas.Como estou filosofando hoje...No entanto,falamos sempre : "Se me devolverem o dinheiro"...por exemplo."Gosto dela,mas..." .As assertivas sempre implicam condição,adversidade,concessões,conformações que,geralmente dependem do "outro".Aí é que mora o perigo - o outro ! Nós,com certeza viveríamos melhor sem essas conjunções,pois elas atrapalham bastante qualquer tipo de ação.Eu,pessoalmente,adoro certezas e não condições.Minha objetividade nega situações dúbias.Deixemos as conjunções pra sintaxe.

sexta-feira, junho 24, 2011

Sem vontade de escrever

Depois de quase um mês sem postar,estou de volta aqui.Não sei o que escrever,nada me entusiasma,mas enfim,cá estou,olhando para o notebook,sem ideias nenhuma.Penso no meu pé que dói,na cervical que me incomoda,na vontade de viajar,no celular novo que quero comprar,caso tenha dinheiro,nos chatos da escola,na sinuca que quero jogar,mas que acabaram as fichas.Um turbilhão de imagens e pensamentos,até absurdos.
Como gostaria de escrever uma poesia para Lucy(minha vida) - cadelinha gracinha.Os pensamentos voam e nem consigo escrever uma estrofe sequer.Gosto muito desse cantinho,olho todos os dias o meu blog,quero melhorá-lo...Mas como ? Como poderia ? Aceito sugestões ! Sinto saudades da DriKa,Vanessa Menduiña e outros que estão distantes.Colocar músicas românticas,cá pra nós,já encheu o meu saco.Não entendo de histórias em quadrinhos para poder postar,só as poucas coisas que ouço fala e de livros - só os didáticos,que uso na escola,onde trabalho.Enfim,,,Como tanto discurso besta escrito agora,percebi que,acabei de fazer uma postagem.
Ufa ! até que enfim !
Que inspiração,hein?

domingo, junho 05, 2011

Frigir dos ovos ????

Alguém sabe me explicar, num português claro e direto, sem figuras de linguagem, o que quer dizer a expressão “no frigir dos ovos”?
Quando comecei, pensava que escrever sobre comida seria sopa no mel, mamão com açúcar. Só que depois de um certo tempo dá crepe, você percebe que comeu gato por lebre e acaba ficando com uma batata quente nas mãos. Como rapadura é doce mas não é mole, nem sempre você tem idéias e pra descascar esse abacaxi só metendo a mão na massa.
E não adianta chorar as pitangas ou, simplesmente, mandar tudo às favas.
Já que é pelo estômago que se conquista o leitor, o negócio é ir comendo o mingau pelas beiradas, cozinhando em banho-maria, porque é de grão em grão que a galinha enche o papo. Contudo é preciso tomar cuidado para não azedar, passar do ponto, encher linguiça demais. Além disso, deve-se ter consciência de que é necessário comer o pão que o diabo amassou para vender o seu peixe. Afinal não se faz uma boa omelete sem antes quebrar os ovos.
Há quem pense que escrever é como tirar doce da boca de criança e vai com muita sede ao pote.
Mas como o apressado come cru, essa gente acaba falando muita abobrinha, são escritores de meia tigela, trocam alhos por bugalhos e confundem Carolina de Sá Leitão com caçarolinha de assar leitão.
Há também aqueles que são arroz de festa, com a faca e o queijo nas mãos, eles se perdem em devaneios (piram na batatinha, viajam na maionese… etc). Achando que beleza não põe mesa, pisam no tomate, enfiam o pé na jaca, e no fim quem paga o pato é o leitor que sai com cara de quem comeu e não gostou.
O importante é não cuspir no prato em que se come, pois quem lê não é tudo farinha do mesmo saco. Diversificar é a melhor receita para engrossar o caldo e oferecer um texto de se comer com os olhos, literalmente.
Por outro lado se você tiver os olhos maiores que a barriga o negócio desanda e vira um verdadeiro angu de caroço. Aí, não adianta chorar sobre o leite derramado porque ninguém vai colocar uma azeitona na sua empadinha, não. O pepino é só seu, e o máximo que você vai ganhar é uma banana, afinal pimenta nos olhos dos outros é refresco…
A carne é fraca, eu sei. Às vezes dá vontade de largar tudo e ir plantar batatas. Mas quem não arrisca não petisca, e depois quando se junta a fome com a vontade de comer as coisas mudam da água pro vinho.
Se embananar, de vez em quando, é normal, o importante é não desistir mesmo quando o caldo entornar. Puxe a brasa pra sua sardinha, que no frigir dos ovos a conversa chega na cozinha e fica de se comer rezando. Daí, com água na boca, é só saborear, porque o que não mata engorda..
Entendeu agora o que significa “no frigir dos ovos”?

sábado, maio 28, 2011

Amizade

Abençoados os que possuem amigos, os que os têm sem pedir.
Porque amigo não se pede, não se compra, nem se vende.
Amigo a gente sente!

Benditos os que sofrem por amigos, os que falam com o olhar.
Porque amigo não se cala, não questiona, nem se rende.
Amigo a gente entende!

Benditos os que guardam amigos, os que entregam o ombro pra chorar.
Porque amigo sofre e chora.
Amigo não tem hora pra consolar!

Benditos sejam os amigos que acreditam na tua verdade ou te apontam a realidade.
Porque amigo é a direção.
Amigo é a base quando falta o chão!

Benditos sejam todos os amigos de raízes, verdadeiros.
Porque amigos são herdeiros da real sagacidade.
Ter amigos é a melhor cumplicidade!

Há pessoas que choram por saber que as rosas têm espinho,
Há outras que sorriem por saber que os espinhos têm rosas!

Machado de Assis

domingo, maio 22, 2011

Bem feito !Quem mandou estudar ?

É TRIUNFO DAS NULIDADES:
o Brasil vai bem, obrigado, para os parasitas, os que nada produzem e os políticos...



Ronaldinho Gaúcho : R$ 1.400.000,00 por mês. - "Homenageado na Academia Brasileira de Letras"...

Tiririca : R$ 36.000,00 por mês, fora os auxílios e mordomias; - "Membro da Comissão de Educação e Cultura do Congresso"...


Piso Nacional dos professores: R$ 1.187,00...

Moral da História:

Os professores ganham pouco, porque só servem para nos ensinar coisas inúteis como: ler, escrever e pensar.


Sugestão:


Mudar a grade curricular das escolas, que passaria a ter as seguintes matérias:



- Educação Física:
Futebol


- Música:
Sertaneja
Pagode
Axé


- História:
Grandes Personagens da Corrupção Brasileira
Biografia dos Heróis do Big Brother
Evolução do Pensamento das "Celebridades"
História da Arte: De Carla Perez a Faustão




- Matemática:
Multiplicação Fraudulenta do Dinheiro de Campanha
Cálculo Percentual de Comissões e Propinas

- Português e Literatura :

?????????????????????? Para quê ????????????????

- Biologia, Física e Química :
Excluídas por excesso de complexidade

quarta-feira, maio 18, 2011

Essa é a nossa realidade nua e crua


A professora do Rio Grande do Norte Amanda Gurgel virou heroína da causa da classe, por melhores salários, nas redes sociais. Um vídeo no qual ela silencia os deputados do RN em audiência pública quando fala sobre a situação crítica da educação já tem mais de 54 mil visualizações no You Tube. Desde o começo da tarde desta quarta-feira (18) o nome "Amanda Gurgel" já está na lista brasileira dos Trending Topics, no Twitter.
Em seu depoimento, Amanda Gurgel acaba fazendo um resumo preciso sobre o quadro da educação no Brasil apresentando seu contracheque de R$ 930 reais. "Como as pessoas até agora, inclusive a secretária Bethania Ramalho, apresentaram números, e números são irrefutáveis, eu também vou fazê-lo. Apresento um número de três algarismos apenas, que é o do meu salário, de R$ 930".
A professora continua seu discurso dizendo que "os deputados deveriam estar todos constrangidos com a educação no estado do Rio Grande do Norte e no Brasil. Não aguentamos mais a fala de vocês pedindo para ter calma. Entra governo, sai governo, e nada muda. Precisamos que algo seja feito pelo estado e pelo Brasil. O que nós queremos agora é objetividade".

domingo, maio 15, 2011

mulher canta com voz de homem

Que nojo !

Chato de galocha

- Querido, você me acha bonita?
- Eu não diria bonita, pois se trata de um conceito adotado
pelas classes dominantes para classificar animais humanos dentro
de padrões de beleza culturalmente pré-estabelecidos.
- Isto que dizer que sou feia?
- Cosmeticamente diferente é o termo mais adequado.
- Mas, você ainda me ama?
- O amor é um sentimento inventado pela burguesia com intuito de
subjugar os indivíduos ao um único modo de pensar a sociedade,
tirando-lhes a razão e o senso crítico.
- E daí?
- Daí, que nutro por você um sentimento de co-participação em
interesses de ordem habitacional, econômica e sexual.
- O quê? Quer dizer que você só me quer como faxineira e
prostituta?
- Não se diz faxineira e, sim, higienizadora ambiental. E tratar
parceiras sexuais alugadas como prostitutas não é politicamente
correto.
- Você deve estar louco.
- Emocionalmente fora do padrão.
- Bem que me avisaram que você era um chato.
- Chato não, pessoa interessante de maneira diferente.
- Como fui cega...
- Desprovida de capacidade visual é mais correto.
- Não sei por que casei com você!
- Você não sabe porque se submeteu a uma prostituição oficializada.
- Idiota.
- Pessoa com idéia fixa.
- Pra mim chega! Vou procurar um amante que me queira.
- Você não precisa recorrer a este tipo de relacionamento com
padrão não convencional, nós ainda podemos partilhar de uma
co-existência saudável como duas pessoas com referências
diferenciadas da cultura dominante.
- Prefiro conviver com um lavador de carros a continuar com
você!
- Sua preferência em manter uma co-habitação de caráter afetivo
com um especialista em aparências de veículos, não te dá o direito
de comparar opções de meio de sobrevivência alternativo com o meu
comportamento que se diferencia dos dogmas do status-quo.
- Ah, por que você não pode ser uma pessoa normal?
- A normalidade é uma convenção imposta.
- Chega, não agüento mais! Quero te ver morto.
- O que você deseja é transformar-me num indivíduo metabolicamente
inviável.
Ela pega o revólver que está sobre o criado-mudo ou melhor: ela
pega o revólver que está sobre o auxiliar doméstico oralmente
prejudicado e atira no peito dele.
Ao vê-lo caído no chão, todo ensangüentado, ela o abraça
- Perdão, querido, eu sou uma burra!
- No último suspiro, ele a corrige:
- Pessoa com uma lógica muito particular.



Pérolas dos Estudantes de Comunicação

segunda-feira, maio 02, 2011

Obama anuncia morte de terrorista de 11 de setembro

Que coincidência, justamente quando estávamos completando 10 anos de incompetência do FBI para achar o "vilão da historia", se isso fosse verdade existiria alguma imagem servindo de troféu para o orgulho americano, exemplo do que aconteceu com o Saddam Hussein. Espero que essa festinha de comemoração dos EUA não sirva como impulsionador de mais uma tragédia.

terça-feira, abril 26, 2011

A pequena Sariah Gallego decidiu unir-se ao lado negro da força!


A pequenina ficou conhecida depois que fugir do roteiro durante uma encenação da Academia Jedi na Disneylandia, porém aquilo não se tratou apenas de uma coisa bobinha de momento, Sariah é realmente uma grande fã do universo Star Wars, e tem uma coleção de de figuras de ação e outros itens da franquia que muito nerd marmanjo morrendo de inveja.

E como vocês podem ver no vídeo ela é fã mesmo do lado negro, saca o Sith Girl na camiseta dela, e por isso que ela ajoelhou-se diante do Lord Sith para tornar-se sua padawan.

Isso é bom !

domingo, abril 24, 2011

Esse é um trabalho em 3D do meu cunhado - Robot

É um belo trabalho feito em photoshop.

Piada sobre sogra

Uma moça chega em casa muito animada e diz para sua mãe que se apaixonou e quer se casar.
A mãe inicia uma série de perguntas e ela faz a seguinte proposição:

- Mãe, por brincadeira, vou trazer aqui amanhã três homens e você irá tentar adivinhar com qual deles eu irei me casar.

A mãe acaba por concordar com o teste.

No dia seguinte, ela traz a sua casa três homens, um bonito, um pobre fudido e um milionário. Eles sentam-se no sofá e ficam conversando com a mãe da moça durante um bom tempo.
Depois de horas de conversa entre eles a moça chega e pergunta:

- Então mãe, você é capaz de adivinhar com qual eu vou me casar?

A mãe responde imediatamente:

- Com o do meio.

A moça fica surpresa e pergunta:

- É incrível mãe. Você acertou! Mas como é que adivinhou?

A mãe responde:

- Não gostei dele. Esse é o ideal para ter uma sogra. Vou ter motivos de sobra pra reclamar dele.

sexta-feira, abril 22, 2011

Esse Dâniel Fraga é o máximo

Desabafo de um bom marido

DESABAFO DE UM BOM MARIDO

Luís Fernando Veríssimo

Minha esposa e eu sempre andamos de mãos dadas.. Se eu soltar, ela vai às compras.
Ela tem um liquidificador elétrico, uma torradeira
elétrica, e uma máquina de fazer pão elétrica.
Então ela disse: 'Nós temos muitos aparelhos,mas não
temos lugar pra sentar'.
Daí comprei pra ela uma cadeira elétrica.
Eu me casei com a 'Sra. Certa'. Só não sabia que o
primeiro nome dela era 'Sempre'.
Já faz 18 meses que não falo com minha esposa.É que não gosto de interrompê-la.
Mas tenho que admitir, a nossa última briga foi culpa minha.
Ela perguntou: 'O que tem na TV?' E eu disse'Poeira'.
No começo Deus criou o mundo e descansou.
Então, Ele criou o homem e descansou. Depois, criou a mulher.
Desde então, nem Deus, nem o homem, nem o Mundo tiveram mais descanso.
Quando o nosso cortador de grama quebrou, minha mulher ficava sempre me dando a entender que eu deveria consertá-lo.
Mas eu sempre acabava tendo outra coisa para cuidar
antes, o caminhão, o carro, a pesca, sempre alguma coisa mais
importante para mim. Finalmente ela pensou num jeito esperto de me convencer.
Certo dia, ao chegar em casa, encontrei-a sentada na
grama alta, ocupada em podá-la com uma tesourinha de costura.
Eu olhei em silêncio por um tempo, me emocionei bastante e depois entrei em casa.
Em alguns minutos eu voltei com uma escova de dente e
lhe entreguei.
Quando você terminar de cortar a grama, eu disse, 'você pode também pode varrer a calçada.'
Depois disso não me lembro de mais nada.
Os médicos dizem que eu voltarei a andar, mas mancarei pelo resto da vida'.
O casamento é uma relação entre duas pessoas na qual uma está sempre certa! E a outra é o marido...

quarta-feira, abril 20, 2011

Esse é o meu momento !

Não se acostume com o que não o faz feliz, revolte-se quando julgar necessário.
Alague seu coração de esperanças, mas não deixe que ele se afogue nelas.
Se achar que precisa voltar, volte!
Se perceber que precisa seguir, siga!
Se estiver tudo errado, comece novamente.
Se estiver tudo certo, continue.
Se sentir saudades, mate-a.
Se perder um amor, não se perca!
Se o achar, segure-o!

Fernando Pessoa

domingo, abril 17, 2011

Placas muito engraçadas

Como se Michel Temer não soubesse...

Adorei ! extraído do blog "DESOCUPADO"

Bem, na verdade eu sou, mas sei perfeitamente bem quem são os meus amigos de verdade e quem só está comigo por conveniência ou para retribuir favores. A todos esses, muito obrigada, dispenso a sua companhia. Sou uma pessoa antissossial e antipática, muito obrigada por tentar, mas voce não vai conseguir mudar isso.
Não tenta me fazer de besta porque voce não vai conseguir, ok?!

Pra quem é jurássica em pc como eu !

No tempo da brilhantina

Lilo and rock and roll

sábado, abril 09, 2011

Transformers in dance -thriller

sem fotos

Solidariedade à Tasso
Vou por meio desta prestar minha solidariedade a todos os colegas que trabalham nesta escola, pois neste momento trágico, devemos torcer para os alunos que estão hospitalizados saiam bem e superem este trauma que com certeza ficará marcado na vida deles.
Arrepio-me a cada notícia, a cada depoimento... Infelizmente,qualquer um de nós poderia fazer parte deste cenário. Força a todos os colegas e alunos desta U.E.
Me coloco no lugar desses pais, alunos e principalmente professores e funcionários. O trauma será de todos nós. Nos fere a todos. Muita força e apoio a todos da Tasso

sexta-feira, abril 08, 2011

Um novo amanhecer

Pra mim esse é o melhor hino à lembrança da SOLIDARIEDADE, tão necessária nos tempos atuais...Pensemos em todas as vítimas de tantas rosas que explodem todos os dias, em todos os lugares, e em tantos corações...

Pensem nas crianças Mudas telepáticas Pensem nas meninas...Cegas inexatas Pensem nas mulheres Rotas alteradas Pensem nas feridas Como rosas cálidas Mas, oh, não se esqueçam Da rosa da rosa Da rosa de Hiroshima A rosa hereditária A rosa radioativa Estúpida e inválida A rosa com cirrose A anti-rosa atômica Sem cor sem perfume Sem rosa sem nada

Eu odiaria acordar assim

quinta-feira, abril 07, 2011

Como cai bem nesse momento de dor...

Pátria Minha

Vinicius de Moraes


A minha pátria é como se não fosse, é íntima
Doçura e vontade de chorar; uma criança dormindo
É minha pátria. Por isso, no exílio
Assistindo dormir meu filho
Choro de saudades de minha pátria.

Se me perguntarem o que é a minha pátria direi:
Não sei. De fato, não sei
Como, por que e quando a minha pátria
Mas sei que a minha pátria é a luz, o sal e a água
Que elaboram e liquefazem a minha mágoa
Em longas lágrimas amargas.

Vontade de beijar os olhos de minha pátria
De niná-la, de passar-lhe a mão pelos cabelos...
Vontade de mudar as cores do vestido (auriverde!) tão feias
De minha pátria, de minha pátria sem sapatos
E sem meias pátria minha
Tão pobrinha!

Porque te amo tanto, pátria minha, eu que não tenho
Pátria, eu semente que nasci do vento
Eu que não vou e não venho, eu que permaneço
Em contato com a dor do tempo, eu elemento
De ligação entre a ação o pensamento
Eu fio invisível no espaço de todo adeus
Eu, o sem Deus!

Tenho-te no entanto em mim como um gemido
De flor; tenho-te como um amor morrido
A quem se jurou; tenho-te como uma fé
Sem dogma; tenho-te em tudo em que não me sinto a jeito
Nesta sala estrangeira com lareira
E sem pé-direito.

Ah, pátria minha, lembra-me uma noite no Maine, Nova Inglaterra
Quando tudo passou a ser infinito e nada terra
E eu vi alfa e beta de Centauro escalarem o monte até o céu
Muitos me surpreenderam parado no campo sem luz
À espera de ver surgir a Cruz do Sul
Que eu sabia, mas amanheceu...

Fonte de mel, bicho triste, pátria minha
Amada, idolatrada, salve, salve!
Que mais doce esperança acorrentada
O não poder dizer-te: aguarda...
Não tardo!

Quero rever-te, pátria minha, e para
Rever-te me esqueci de tudo
Fui cego, estropiado, surdo, mudo
Vi minha humilde morte cara a cara
Rasguei poemas, mulheres, horizontes
Fiquei simples, sem fontes.

Pátria minha... A minha pátria não é florão, nem ostenta
Lábaro não; a minha pátria é desolação
De caminhos, a minha pátria é terra sedenta
E praia branca; a minha pátria é o grande rio secular
Que bebe nuvem, come terra
E urina mar.

Mais do que a mais garrida a minha pátria tem
Uma quentura, um querer bem, um bem
Um libertas quae sera tamem
Que um dia traduzi num exame escrito:
"Liberta que serás também"
E repito!

Ponho no vento o ouvido e escuto a brisa
Que brinca em teus cabelos e te alisa
Pátria minha, e perfuma o teu chão...
Que vontade de adormecer-me
Entre teus doces montes, pátria minha
Atento à fome em tuas entranhas
E ao batuque em teu coração.

Não te direi o nome, pátria minha
Teu nome é pátria amada, é patriazinha
Não rima com mãe gentil
Vives em mim como uma filha, que és
Uma ilha de ternura: a Ilha
Brasil, talvez.

Agora chamarei a amiga cotovia
E pedirei que peça ao rouxinol do dia
Que peça ao sabiá
Para levar-te presto este avigrama:
"Pátria minha, saudades de quem te ama...
Vinicius de Moraes."


Texto extraído do livro "Vinicius de Moraes - Poesia Completa e Prosa", Editora Nova Aguilar - Rio de Janeiro, 1998, pág. 383.


Sem palavras...

coisas de advogado (escrita pelo Vítor)

Um advogado vinha rasgando a 210km/h, em seu BMW série 7, quando foi parado em uma blitz, na estrada. Documentos!, pediu o guarda. Não tenho, respondeu o advogado. E os do carro? Estão no porta-luvas?, perguntou o guarda. Não, lá só tem o revolver. Que revolver?; O que eu usei para matar a moça. Que moça? A que está dentro do porta malas. FIQUE MUITO PARADINHO AÍ, disse o guarda, apontando-lhe a arma e chamando seu superior pelo rádio. Daqui a pouco este chega e o guarda lhe relata tudo o que houve. Abra o porta-luvas!, diz o chefe de polícia. Sim senhor, responde o advogado, abrindo o porta luvas e nada tendo lá dentro, deixando o guardinha de olhos arregalados. Saia do carro e abra o porta-malas! repetindo o ato, ao abrir, nada havia de anormal. Com o chefe fuzilando com o olhar o guarda, esbraveja o advogado para o chefe: agora só falta esse sujeito dizer que eu estava correndo!

quarta-feira, abril 06, 2011

Devia ter trabalhado menos...ter visto o sol nascer !

É mole ? Ou quer mais?

café com bobagens

Orgulho de pais

Quatro amigos se encontraram em uma festa, após 30 anos sem se verem.

Algum drinque aqui, bate papo de lá e de cá e um deles resolve ir ao banheiro.

Os que ficaram começaram a falar sobre os filhos.

O primeiro diz :
- Meu filho é meu orgulho. Ele começou a trabalhar como Office Boy em uma empresa. Estudou, se formou em Administração, foi promovido a gerente da empresa e hoje é o presidente. Ele ficou tão rico, tão rico, que no aniversário de um amigo na semana passada, ele deu uma Mercedes nova para ele.

O segundo disse :
- Nossa, que beleza! Mas meu filho também é um grande orgulho para mim.
Ele começou trabalhando como entregador de passagens. Estudou e formou-se piloto. Foi trabalhar em uma grande empresa aérea. Resolveu entrar como sócio na empresa e hoje ele é o dono. Ele ficou tão rico, que no aniversário de um amigo, também na semana passada, ele deu-lhe um avião 737 de presente.

O terceiro falou :
- Nossa parabéns ! Mas meu filho também ficou muito rico.
Ele estudou, formou-se em engenharia e abriu uma construtora. Deu tão certo que ele ficou milionário. Ele também deu um super presente para um amigo que fez aniversário por esses dias . Ele construiu uma casa de 500 metros quadrados na praia para ele.

O amigo que havia ido até o banheiro chegou e perguntou :
- Qual é o assunto ?
- Estamos falando do orgulho que temos de nossos filhos.
- E o seu ? O que ele faz ?
- Meu filho é garoto de programa, dorme o dia todo e ganha a vida fazendo a alegria dos boiolas.

E os amigos disseram :
- Nossa que decepção para você !

Que nada, ele é meu orgulho !
É um grande sortudo !

Ele fez aniversário semana passada e ganhou uma casa na praia com 500 metros quadrados, um avião 737 e uma Mercedes zerinho de presente de três boiolas

Se você gostou das piadas acima, visite o site Piadas.com.br (autor das piadas).

segunda-feira, abril 04, 2011

Desmotivação

Ao contrário do que se via até o final da década de 1970, a figura do professor na sala de aula não tem, hoje em dia, o mesmo prestígio de antigamente. "Naquela época, ser professor era como ser médico, juiz ou padre", afirma Roseli Souza, assessora pedagógica da divisão de sistemas de ensino da editora Saraiva, sobre a autoridade máxima de quem ensinava informações tão fundamentais como o alfabeto.

Apesar de todos os aspectos positivos que vieram com o fim da ditadura militar no Brasil, Roseli diz que, nesse processo, os professores estão perdendo gradualmente o poder e a autonomia na sala de aula. "Embora tenha ocorrido uma manifestação da própria classe docente pela democracia, alguma coisa se perdeu no caminho e não conseguimos reaver", lamenta.

A desvalorização da profissão já pode ser vista em números. De acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), na educação básica brasileira (que inclui a educação infantil, a especial, o ensino fundamental, o médio e a educação de jovens e adultos - o EJA), em 2007 havia 2.500.554 profissionais atuando em sala de aula. No ano de 2009, esse valor baixou para 1.977.978.

Para Roseli, a causa é a desmotivação da categoria. "O próprio aluno já não consegue se reconhecer nesse professor quando o vê desestimulado. Outras vezes o estudante se interessa pela carreira, mas os pais desestimulam", afirma. Entre os motivos estão os baixos salários, desinteresse dos alunos e até episódios de violência
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...