sábado, março 26, 2011

Waking life ! O máximo !



O que achei muito interessante é que as opiniões filosóficas dos personagens são tão passíveis de erros e contradições quanto na vida real.

Eu começaria criticando a visão existencialista daquele professor:

Ele disse: "- A mensagem aqui é que jamais devemos nos considerar um fracasso e nos vermos como vítimas de várias forças." - Mas uma pessoa pode muito bem fracassar em sua tentativa e ser vitimada por forças muito mais poderosas do que ela...

Ele disse: "- É sempre nossa a decisão de quem somos." - Aí vai a minha crítica à Sartre: "A decisão sempre é nossa, mas nem sempre podemos ou temos capacidade para sermos aquilo que desejamos..."

Nenhum comentário:

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...